sexta-feira, 26 de junho de 2009

Coragem

Coragem
CANTORES DE DEUS
Composição: Walmir Alencar


Sempre ouviu dizer
De um Deus longe no céu
Distante de sua vida o imaginou
Quando de repente veio a entender
Ele a todo tempo estava ali

Pela estrada foi trilhando a ilusão
Num lamaçal de erros já se encontrou
Mas sinceramente você é capaz
De enfrentar a vida sem se drogar

Amigos vêm e outros vão
Sem perceber restou a solidão
Mas Deus vem lhe dizer
Permito que carregue a cruz
No caminho do calvário
Mas quando lá chegar
A cruz é meu lugar

É preciso coragem
Jovem coragem
O amor de Deus
Tudo pode transformar

É preciso coragem
Jovem coragem
Basta decidir provar
Tamanho amor e ser feliz



Dia internacional de combate às Drogas

Em 1987, a Organização das Nações Unidas (ONU) determinou 26 de junho como o Dia Internacional de Combate às Drogas. A primeira conferência sobre o assunto foi convocada pela ONU em fevereiro de 1990, firmando de 1991 a 2000 como anos internacionais de combate às drogas.

Em 1997 a ONU criou o Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês) com o objetivo de prestar cooperação técnica aos países-membros para reduzir os problemas na área de saúde (como o HIV) e social (como a violência) que tenham relação direta ou indireta com drogas ilícitas e o crime. A cada ano, no mês de junho, o UNODC prepara uma campanha internacional de prevenção a drogas, visando contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dos países ao promover justiça, segurança, saúde e direitos humanos. As drogas já se tornaram um mal social em todo mundo.

No Brasil, os dados são particularmente alarmantes. De acordo com o mais recente estudo apresentado pela ONU, a proporção da população brasileira que consome cocaína cresceu de 0,4%, em 2001, para 0,7%, em 2005. Em 2001, 1% dos brasileiros entre 15 e 65 anos consumia a droga. O índice subiu para 2,6% em 2005. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o mundo tem pelo menos 200 milhões de consumidores de drogas, dos quais 40 milhões são dependentes.

sábado, 20 de junho de 2009

NOVIDADES na Banda Arautos

Em breve estaremos apresentando os NOVOS INTEGRANTES da Banda Arautos... Nossa AGENDA também será colocada à disposição. Por enquanto, estamos em fase de readaptação. Dia 25 de junho animaremos a Liturgia nos Festejos de Nossa Senhora das Graças, (Ibiapaba, Floriano PI); dia 28 de junho também marcaremos presença como convidados.
Guadalupe já nos espera para uma grande TARDE ALEGRE no dia 06 de setembro...
Vêm aí muitas novidades...
Aguardem! Enviem-nos comentários e sugestões!!!
Contrate a nossa Banda...
Paz e bem!!!

NOVA ENQUETE - Maioridade penal

Como colocamos no artigo abaixo, o Congresso colocou em pauta a PEC que trata sobre a MAIORIDADE PENAL. Foi colocada um "ENQUETE" no site do Senado, onde a maioria dos inernautas mostram-se a favor da REDUÇÃO...
Como já bem explicitado abaixo, embora o voto na enquete não tenha caráter científico nem decisório, mas podemos expressar de certa forma (DIREITO DE TODO CIDADÃO) a nossa opinião como CRISTÃOS, como cidadãos de bem e pessoas de bom senso.
Não acreditamos neste tipo de punição; colocar jovens no mesmo patamar em que já se encontram milhares de "condenados" num sistema penitenciário "falido" e ineficaz como o nosso, seria decretar um MAIOR CRESCIMENTO NOS ÍNDICES DE CRIMINALIDADE, uma vez que colocaríamos adolescentes e jovens infratores em verdadeiras escolas de CRIME; sem falar que a RESPONSABILIDADE da família seria totalmente negligenciada - a EDUCAÇÃO familiar perde sentido uma vez que os pais não terão mais nenhum tipo de responsabilidade para com os atos dos filhos...
Sabemos que existem outras maneiras de combater a violência... Não podemos de forma alguma dizer que somos cristãos quando aceitamos algo tão longe da lógica do reino de Deus quanto este tipo de mentalidade...
Onde vão parar nossas crianças???
Vamos abrir uma ENQUETE SEMELHANTE aqui em nosso blog... Gostaríamos de acompanhar as opiniões de nossos internautas...
Pensem bem! Façam seus comentários! Discutam em família!

Um grande abraço.

Paz e bem!!!

terça-feira, 16 de junho de 2009

Enquete sobre a maioridade penal

A Agência Senado está promovendo, em sua página na Internet, uma enquete sobre a Proposta de Emenda Contitucional (PEC) 26/2002, que reduz a maioridade penal (atualmente de 18 anos).

Reduzir a maioridade penal é dar um tiro não no pé, mas na cabeça de muitas pessoas, pois a fábrica de criminosos profissionais que é o sistema carcerário iria aumentar e muito com essa medida.

Imaginar que a medida coibiria a criminalidade entre adolescentes é ilusão. O que poderia levar a isso, de fato, seria a implantação da educação em tempo integral, a ampliação do investimento no esporte colegial e no ensino profissionalizante, entre outras políticas para essa parcela da juventude. Óbvio, fazer isso implica na redução do pagamento de juros aos banqueiros internacionais e aos rentistas locais. Significaria priorizar a chamada “área social” (termo, por si só, despolitizante da questão) em detrimento dos “contratos” – a maioria, ilegítimos – aos quais o Brasil está amarrado por conta da dívida pública.

Se você ainda está em dúvida, analise esses dados:

- menos de 7% do total de crimes na sociedade são cometidos por adolescentes com menos de 18 anos;

- menos de 1% dos homicídios são cometidos por adolescentes com menos de 18 anos

- do total de crimes violentos, menos de 3% são cometidos por adolescentes

- dos crimes cometidos por adolescentes, mais de 70% são contra o patrimônio e não contra pessoas

- de cada 10 mil adolescentes, apenas 3 tem envolvimento com crimes e está detido por isso

Se ainda tem dúvida, leia a opinião de Miguel Reale Jr., um dos maiores juristas do Brasil e um dos criadores do Código Penal.

Se o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) fosse respeitado e cumprido – para isso, seria preciso mais recursos, e os banqueiros não deixam – de fato, não apenas a chamada delinquência juvenil diminuiria bastante, mas a própria criminalidade como um todo, visto que instituições como Febems e similares são verdadeiras escolas do crime. Em vez de “recuperarem” (não gosto desse termo) os adolescentes, os transformam em profissionais da bandidagem. E pior, ainda organizados.

Vote na enquete pela não redução. O resultado pode não mudar o voto de senadores/as que estão com sua posição definida, mas pode influenciar o voto dos/as indecidos/as.
FONTE: http://brasiliamaranhao.wordpress.com/2009/06/03/enquete-no-senado-sobre-reducao-da-maioridade-penal/

Nota da CNBB sobre assassinato do Pe. Gisley

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, profundamente consternada, comunica o assassinato do padre Gisley Azevedo Gomes, CSS, assessor nacional do Setor Juventude desta Conferência, ocorrido ontem, 15 de junho. O crime está sendo investigado com empenho pela Polícia com o acompanhamento dos advogados da CNBB e da Congregação dos Sagrados Estigmas (Estigmatinos) à qual padre Gisley pertencia.

Ordenado em 29 de maio de 2005, padre Gisley estava na assessoria do Setor Juventude da CNBB há pouco mais de dois anos. Comprometido com a vida da juventude, organizava, juntamente com as Pastorais da Juventude do Brasil, a Campanha Nacional contra o Extermínio da Juventude que tem como lema "Juventude em marcha contra a violência". Lamentavelmente ele foi vítima da violência que ansiava combater.

Esperamos confiantes que o crime seja apurado com eficiência e os culpados punidos com justiça. Lembrando a Campanha da Fraternidade que realizamos sobre a Segurança Pública, reafirmamos a urgência de toda a sociedade se mobilizar para por fim à violência que ceifa vidas tão precocemente.

Aos familiares e amigos do padre Gisley, à Congregação dos Estigmatinos, às Pastorais da Juventude do Brasil e aos Movimentos Juvenis a CNBB manifesta seu pesar e sua solidariedade, firmada na palavra do evangelho que nos faz crer na Ressurreição. Cremos firmemente que, neste momento, padre Gisley, atendendo à voz do Cristo que disse: "Jovem, eu te digo, levanta-te!" (Lc 7,14), nasce para a vida eterna . Que Nossa Senhora Aparecida o acolha no Reino de seu Filho Jesus.

Brasilia, 16 de junho de 2009


Dom Geraldo Lyrio Rocha
Arcebispo de Mariana
Presidente da CNBB

Dom Luiz Soares Vieira
Arcebispo de Manaus
Vice-presidente da CNBB

Dom Dimas Lara Barbosa
Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro
Secretário Geral da CNBB

sábado, 13 de junho de 2009

ORAÇÃO DO MÚSICO CRISTÃO


Senhor Jesus Cristo,
Somos notas diferentes na mesma pauta do Reino de Deus.
Nós te louvamos por este tempo de pausa, de silencio.
Lembramos que a quietude de tua mãe, Maria,
Permitiu que ela respondesse sim!
E a Canção se fez gente e habitou nom meio de nós (Jo 1,14).
Temos timbres diferentes e, exatamente por isso,
Podemos cantar na trinitaria harmonia dos acordes da Fé,
Da Esperança e do Amor.
Que possamos unir nossas diferenças para que a canção
Seja mais santa e mais bela.
Sabemos que na vida existem acidentes, mas não nos deixes cair na desafinação.
Que possamos ouvir a voz uns dos outros, seguindo as
Tuas orientações e movimentos, nosso Maestro Maior!
Alerta-nos para saibamos obedecer os sinais de expressão:
Desde o pianíssimo e oculto serviço da composição,
Até a fortíssima visibilidade de nossa canção meios de comunicação.
Acima de tudo nós te pedimos: lembra-nos que a clave é quem dá o nome, a altura e o significado de tudo o que cantamos.
E a nossa canção és Tu, Sol Nascente, Luz do Alto, que veio nos ensinar e profetizar pela canção, com os olhos para o alto com os pés firmes no chão.
De todas as verdades és o supremo cantor, Senhor Jesus!
Nossa boca cantará ao ritmo do Teu coração.
Unidos, cantaremos a Tua eterna canção de Amor.
Amém.

Pe. Joaozinho, scj.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

BANDA ARAUTOS - NOVOS TALENTOS

A BANDA ARAUTOS está selecionando NOVOS TALENTOS... Se você sente o desejo de colocar o seu dom à serviço da evangelização e da música, eis a OPORTUNIDADE... Clique nos TAGS ABAIXO e veja como fazer PARTE DESTA FAMÍLIA...
MANDE-NOS UM E-MAIL OU NOS TELEFONE e teremos a maior alegria e ter a sua presença em nosso meio...
Um grande abraço.
Paz e bem!!!

Visitantes (desde 01/02/2009)